Rede Yawalapiti

É durante a reclusão, o ritual de passagem da menina que se torna mulher, que as índias Yawalapiti aprendem a confeccionar as redes da fibra do buriti.

Após a primeira menstruação, elas são confinadas num pequeno espaço da casa familiar, durante um período que pode durar meses ou anos.

Dois paus de madeira fincados na terra são suficientes para fabricar uma rede. Técnica simples, trabalho sofisticado. Mais de 2 km de fibras e algodão são necessários para a sua confecção.

Etnia: Yawalapiti
Localização: Parque Indígena do Xingu – Mato Grosso
População: 156 (Ipeax 2011)
Tronco Linguístico: Aruak

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *